Considerando o alto risco das atividades da ENGELMIG, bem como a especificidade de seus riscos críticos e o fator humano preponderante em suas atividades, em Junho de 2013 a ENGELMIG implantou o Programa de Controle de Riscos Críticos.

Tal programa tem como objetivo externar o envolvimento da alta direção da ENGELMIG em relação à mitigação dos riscos críticos de suas atividades. Tendo como objetivo complementar, a otimização dos recursos humanos e materiais do departamento de QSMS. Sendo o objetivo final, a redução nos dois principais indicadores de acidente: taxa de frequência de acidentados com afastamento e, principalmente, taxa de gravidade.

Inicialmente buscou-se a definição dos riscos críticos da ENGELMIG. Riscos críticos que já eram conhecidos, porém foram estudados com a intenção de serem documentados técnica e cientificamente. Para essa etapa foram utilizados, principalmente, os dados históricos de acidentes do Setor Elétrico Brasileiro, divulgados pela FUNCOGE.

Foram estabelecidas, na sequência, as formas de atuação em relação ao capital humano da empresa. Nessa etapa adotou-se dois pilares: conscientização e fiscalização.

No pilar de conscientização foi elaborada uma circular, assinada pela alta direção da ENGELMIG, identificando os riscos críticos e a forma que todos os colaboradores deveriam atuar em relação a sua neutralização e controle – tal circular foi amplamente divulgada na empresa, sendo de conhecimento de todos os colaboradores. Fora desenvolvido também material de “sensibilização” sobre assuntos relacionados aos riscos críticos. Tais materiais são ampla e massivamente divulgados junto aos colaboradores.

No âmbito da fiscalização é utilizado o Programa Sinal Verde, o qual foi revisado para alinhamento com o PCRC. A equipe técnica de QSMS, bem como os demais agentes de inspeção, realizam as inspeções de segurança com foco, principalmente, sobre os riscos críticos.

Destaca-se a clareza na divulgação dos riscos críticos e a posição empresarial em relação ao objetivo de controla-los e neutraliza-los. Ficando evidente à todos os colaboradores e demais partes interessadas, qual é a postura da ENGELMIG em relação à segurança e saúde de seus colaboradores, especialmente, em relação aos riscos críticos de sua atividade.